Aliando tecnologia à capacidade de valorizar a cultura local por meio da comunicação

Carregando...

sábado, 6 de agosto de 2016

Colaboração e Coletividade

Cada vez mais o desafio na escola é trabalhar coletivamente, com a metodologia de projetos e de forma colaborativa entre disciplinas que dialoguem interdisciplinarmente para favorecer a aprendizagem.

E o professor precisa estar atento em como construir esse novo jeito de trabalhar com outros professores de sua área e de outras, para permitir que os educandos estabeleçam conexões entre os conhecimentos.

Assim, um projeto de literatura, por exemplo, pode integrar-se com as artes, a história, a geografia, a matemática, com a ecologia e a educação física.

Mas e o Currículo como é que fica?

O Currículo escolar geralmente parte dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e de outros conteúdos integrantes da rede de ensino a que pertence. Mas ao professor cabe ampliá-los conforme as necessidades e os interesses dos alunos, ousando também em outros temas que desafiem ao posicionamento crítico sobre o mundo em que vive, num exercício pleno de construção da cidadania.

Por exemplo, é possível estudar também o Estatuto da Criança e do Adolescente, entender a maioridade penal, e ainda fazer o adolescente apropriar-se não apenas dos seus direitos mas, principalmente os seus deveres, enfim, construir opinião própria sobre temas do mundo juvenil.

Roseli Brito
Pedagoga - Psicopedagoga - Neuroeducadora e Coach

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

5 cuidados para trabalhar com os alunos online

De configurações de privacidade, passando por uso excessivo até curadoria de informações: quais os cuidados para se trabalhar com alunos online em segurança.

A internet oferece infinitas possibilidades para potencializar a aprendizagem. Quais cuidados tomar para trabalhar com os alunos online em segurança?
5 cuidados ao trabalhar com alunos online: Mais de 80% dos jovens brasileiros entre 15 e 17 anos usam internet. Entre os 9 e 0s 17 anos, 90% possuem ao menos um perfil em rede social – e, de acordo com a pesquisa TIC Kids Online Brasil, crianças de seis anos já estão criando suas primeiras contas online.

Os números comprovam uma tendência: cada vez mais cedo, a internet faz parte da vida dos nossos alunos. E de forma intensa: um outro levantamento, este feito pela Amdocs Brasil, perguntou a adolescentes brasileiros se eles gostariam de ter um dispositivo com acesso à internet acoplado ao corpo. 88% deles responderam que sim. Surpresa?

As gerações Y e Z, que já nasceram conectadas, têm um relacionamento íntimo com o universo digital; o que pode ser vantajoso, quando amplia suas possibilidades de acesso a conhecimento, experiências e oportunidades, ou perigoso, quando às expõe a ambientes ainda pouco fiscalizados e sem regras claras.

Por que trabalhar com alunos online
Trabalhar com alunos online é cada vez mais exigido dos professores, tanto pelos pais quanto pela escola – e, ocasionalmente, pelos próprios alunos. Afinal, se há alguns anos aprender inglês era um diferencial no mercado de trabalho, agora a tecnologia é a nova linguagem a ser dominada.

Isso pelo simples motivo de que ela está em tudo: nas redes sociais e aplicativos de mensagens, nos sites de compras online, nos jogos, músicas e entretenimento, no pagamento de contas… É difícil pensar em uma tarefa diária que não possa ser cumprida virtualmente. E, se a tecnologia está por toda parte, essas gerações precisam saber não apenas consumi-la, mas entendê-la. Seus alunos devem ser capazes de criar com a tecnologia.

Por enquanto, é seguro afirmar que a maioria dos jovens é capaz de consumir tecnologia, ainda que a segunda etapa, de criação, esteja a recém arriscando seus primeiros passos. Dentre as redes mais usadas por adolescentes brasileiros entre 15 e 18 anos, segundo a Amdocs, estão o Facebook (94%), Youtube (85%) e WhatsApp (84%). Em um cenário global, que pode indicar as próximas tendências, Snapchat, Instagram e Twitter também aparecem no topo do ranking.

As vantagens de trabalhar com os alunos online
O uso de tecnologia em sala de aula, se feito com planejamento e intencionalidade, pode contribuir para aumentar o interesse, engajamento e desempenho da turma.
(...)
Assim como o professor passa por um processo de aprendizagem para usar tecnologias digitais, trabalhar com alunos online também requer tempo de adaptação. Afinal, mesmo que os jovens estejam acostumado a usar tecnologia no dia a dia, há uma enorme diferença entre usá-la como forma de comunicação e entretenimento e usá-la como ferramenta de estudos.
Para evitar que o objetivo se perca, garanta que o projeto faz sentido dentro da rede que pretende utilizar – não adianta “fazer por fazer”, o ambiente online é inserido quando traz benefícios para a aula.
(...)
Combine regras com antecedência e explique claramente o objetivo do projeto. O espaço virtual destinado à aula deve se manter com esse propósito.

Uso excessivo e ansiedade
Com a velocidade e volume de informações disponíveis na internet, é fácil sentir que estamos perdendo algo quando ousamos passar alguns minutos desconectados. A necessidade de conferir o telefone a todo instante é a maior prova disso.  O resultado pode ser a ansiedade, que já atinge 68% dos adolescentes, também segundo a Admocs, quando forçados a ficar sem internet.

Aqui, vale conversar com os alunos sobre boas práticas e formas de organizar uma rotina saudável sem excluir a tecnologia. Hábitos simples, como fazer pausas regulares, realizar exercícios físicos ou atividades que ajudem a relaxar e não ter refeições diante da tela, são parte dessa organização.

O professor também é encarregado de ensinar a curar informações na rede: ler, interpretar, selecionar o que é relevante e interrelacionar conteúdo é uma habilidade indispensável no século 21, além de reduzir a ansiedade causada pela quantidade de materiais disponíveis.



sexta-feira, 29 de julho de 2016

Desenhando pela paz

A Europa está enfrentando uma crise migratória sem precedentes. Em uma época na qual milhares de pessoas estão fugindo dos terríveis conflitos atuais no Oriente Médio com a esperança de encontrar refúgio na União Europeia, a dura realidade é que a Europa está se tornando uma fortaleza sitiada. Isso se reflete no aumento dos eurocéticos e da extrema direita em um número crescente de países europeus.

O que aconteceu com os valores fundadores da Europa – humanismo, solidariedade, tolerância e busca pela paz?  
Cartooning for Peace (Desenhando pela Paz) defende essas liberdades fundamentais e a democracia, por meio do exercício do direito à liberdade de expressão. Conheça sete charges que mostram como cartunistas usam seus lápis e talentos para denunciar as violações de direitos humanos relacionadas à atual crise migratória na Europa.

Clique AQUI e confira!

Fonte: SUR Conectas Direitos Humanos

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Envie a foto da capa do Grupo da Rede de Blogs no Facebook

Valorizando a nossa terrinha, a fotografia semanal da capa do Grupo da Rede no Facebook será de Nova Olinda

Então, a fotografia semanal que permanecerá na capa do grupo da Rede de Blogs de Nova Olinda no Facebook deverá ser feita aqui em Nova Olinda.

O objetivo é de valorizar nosso município, selecionando semanalmente fotografias que retratem aspectos da nossa vegetação, religião, nossa gente e ou cultura para estar ilustrando a capa do Grupo da Rede de Blogs no Facebook.

Como colaborar? Encaminhe no bate-papo da Rede de Blogs (Rede Escola) no Facebook sua fotografia junto com seu nome e o local onde a fotografia foi feita... lembrando que a fotografia tem que ser aqui em Nova Olinda! Confira a foto que selecionamos para esta semana e participe também contribuindo!

Foto da capa do Grupo da Rede de Blogs no Facebook

Valorizando a nossa terrinha, a fotografia da capa do Grupo da Rede no Facebook é de Nova Olinda

Então, a fotografia desta semana que está na capa do grupo da Rede de Blogs de Nova Olinda no Facebook é do novolindense Allef Sampaio. A fotografia foi feita aqui em nossa terrinha!!!
Podem curtir que é daqui! Uma linda imagem!

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Palestra ENEM não tira férias - Idilvan Alencar

 
Copyright © 2013 Rede de Blogs - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT